ENCONTRO IMAGINÁRIO Nº 222 | 27 SETEMBRO | 19H30

Debates entre personagens marcantes da HISTÓRIA UNIVERSAL

PARTICIPAÇÃO DA SOCIEDADE CIVIL

Rudolf Hess foi considerado um delfim de Hitler, ajudando – o a escrever a sua obra, Mein Kampf, e redigindo as Leis de Nuremberg de 1935, que retiravam os direitos dos judeus na Alemanha, e que estiveram na origem do Holocausto. Foi preso na rocambolesca viagem de avião à Escócia, ficando preso e foi condenado em Nuremberga a prisão perpétua que cumpriu no castelo de Spandau, onde se suicidou em 1987. O dramaturgo Joaquim Paulo Nogueira irá mostrar-nos este personagem.

Jorge Carvalho, engenheiro, irá ter o especial prazer de nos apresentar Alves Reis considerado até há pouco tempo o maior burlão da História de Portugal. Ele conquistou esse notável prestígio quando, depois de várias outras burlas e falsificações, conseguiu encomendar uma emissão de 200 mil notas de 500 escudos em nome do Banco de Portugal! Perante os recentes casos de corrupção no nosso brando país, é natural que se esteja a roer de inveja!

A actriz e violinista Mariana Sardinha, também dramaturga com larga experiência de temáticas históricas, irá apresentar-nos a figura brilhante da Belle Epoque Parisiense que é Mata-Hari, a exótica bailarina Holandesa que se apresentava como uma princesa Javanesa e se transformou numa cortesã com inúmeros casos amorosos com oficiais Franceses e Alemães. Foi considerada espia e agente dupla e fuzilada em 1917.

Reservas

T. 213965360/913 341 683 | bilheteira